segunda-feira, 10 de junho de 2013

ABNT NBR6023 - Pensando a referência bibliográfica



Muito mais importante que decorar as posições de cada uma das informações da referência bibliográfica, é entender sua lógica.

A Bibliotecária da EACH, Maria Fátima Santos, elucida algumas questões, usando como exemplo o livro “Comunicação, informação e cultura publicado pela EDUFBA em 2004. Essa obra é de autoria coletiva e tem por principais responsáveis 3 (três) organizadores.

Dependendo da referência lida e citada em seu texto, você deverá referenciar a obra integralmente  ou apenas uma parte. Deste modo, algumas questões devem ser analisadas ao preparar a referência bibliográfica:

***

1. O autor do texto (ou editor, organizador, etc.) é a primeira informação apresentada e  colocada em destaque. Para a obra integral ou "no todo", optar pelas autoridades citadas na página de rosto da obra, na ordem em que aparecem. No caso de uma parte, como por ex., um capítulo de livro, obviamente será(ão) citado(s) o(s) autor(res) da parte.

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.)

Parte:
BATISTA, W. B.

2. Após a indicação de autoridade, será informado o título e subtítulo - quando houver - tanto para a obra integral como para a parte:

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder.

Parte:
BATISTA, W. B. Educação à distância e modernização regressiva.

3. É necessário indicar ao seu leitor, como obter a obra referenciada, ou seja, você precisa indicar como a obra deverá ser buscada em um catálogo de biblioteca, em uma livraria, na internet, etc. Para possibilitar essa identificação, a menção da obra integral é acrescentada na referência da parte, precedida da expressão "In: " .

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder.

Parte:
BATISTA, W. B. Educação à distância e modernização regressiva. In: JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder.

4. Para tornar ainda mais fácil a identificação da obra, o título principal (aquele que consta dos catálogos de bibliotecas, livrarias, etc.) é colocado em destaque, com o recurso gráfico de sua escolha:

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder.

Parte:
BATISTA, W. B. Educação à distância e modernização regressiva. In: JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder.

5. As informações "cidade", "editora" e "ano de publicação" serão acrescentadas, seguindo as sinalizações:

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder. Salvador: EDUFBA, 2004. 

Parte:
BATISTA, W. B. Educação à distância e modernização regressiva. In: JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder. Salvador: EDUFBA, 2004. 

6. Finalmente, indicar o número de páginas lidas. O total de páginas da obra integral, ou simplesmente o início e fim da parte:

Integral:
JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder. Salvador: EDUFBA, 2004.  195 p.

Parte:
BATISTA, W. B. Educação à distância e modernização regressiva. In: JAMBEIRO, O.; BOLAÑO, C.; BRITTOS, V. (Org.). Comunicação, informação e cultura: dinâmicas globais e estruturas de poder. Salvador: EDUFBA, 2004.  p. 151-173.

***


Agradecemos à bibliotecária Maria Fátima Santos, pelas orientações.


Analúcia Recine

2 comentários:

  1. Muito bom, Analúcia! O texto explica questões que nem sempre o aluno entende só consultando a norma. Vou divulgar para nossos usuários. Fizemos dois posts pro blog da Biblioteca da ECA abordando referências e citação de filmes e música, que são bastante consultados. E estamos preparando, com a Biblioteca da FAU, um texto com orientações para citação de imagens. Quem sabe um dia não fazemos um trabalho coletivo, não?

    ResponderExcluir
  2. Seria ótimo. Com certeza usaremos o texto com orientações para citação de imagens, obrigada.

    ResponderExcluir