segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Portal CAPES



 A coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), foi criada em 11 de julho de 1951, com o objetivo de "assegurar a existência de pessoal especializado em quantidade e qualidade suficientes para atender às necessidades dos empreendimentos públicos e privados que visam ao desenvolvimento do país".

Chamava-se Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e visava alavancar o progresso do Brasil, investindo na formação de cientistas, técnicos e pesquisadores.

Atualmente, a CAPES mantém as seguintes linhas de ação:
  • Avaliação da pós-graduação stricto sensu;
  • Acesso e divulgação da produção científica;
  • Investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior;
  • Promoção da cooperação científica internacional.
  • Indução e fomento da formação inicial e continuada de professores para a educação básica nos formatos presencial e a distância
Sua dotação orçamentária em 2011, foi de R$ 3.036.937.415,00, sendo que foram investidos R$ 133.289.830,00 em seu Portal de Periódicos.

O Portal de Periódicos foi oficialmente lançado em 11 de novembro de 2000, e engloba: 31 mil periódicos com texto completo, 130 bases referenciais, dez bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias e obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual.

Podem acessar o Portal de Periódicos:

  •  Instituições federais de ensino superior;
  •  Instituições de pesquisa, e de ensino públicas ou privadas, com programas de pós-graduação avaliados pela CAPES;
  •  Instituições com programas de pós-graduação recomendados pela CAPES (Acesso parcial);
  •  Usuários Colaboradores, ou seja, instituições que pagam pelo acesso a determinadas bases do   Portal de Periódicos.

Toda população pode dirigir-se às bibliotecas destas instituições para acessar o conteúdo completo do Portal CAPES.







O Portal de Periódicos também disponibiliza conteúdo científico de acesso livre:

·         Bases nacionais e internacionais,
·         Banco de Teses e dissertações produzidas pelos programas de pós-graduação de todo o Brasil,
·         Artigos científicos publicados em periódicos brasileiros,
·         Portal Saúde Baseada em Evidências, direcionado à profissionais da área de saúde,
·         Revista Brasileira de Pós-Graduação,
·         CAPES Web-TV, criada para difundir informações da CAPES,
·         Britannica Escola On Line, destinada ao Ensino Fundamental;
·         Webqualis: uma lista com a classificação dos veículos (publicações) utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção.

Curiosidade: Em 2010, o número total de acessos a bases referenciais foi de 42 milhões, sendo que o acesso a artigos científicos superou 25 milhões. Neste período, a USP foi sua maior usuária, com a participação de 13% das consultas, seguida pela UFRJ, com a participação de 10,70%. 


Pesquisa e texto: Analúcia Recine



Nenhum comentário:

Postar um comentário

MINI QUIZ - Artigos

Apresentamos uma série de exercícios que auxiliam na identificação dos materiais e sua posterior apresentação no formato de referências...